Revista Brasileira de Ciências Policiais: Anúncios https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP <p>A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais (RBCP)</strong> é um periódico com finalidade acadêmica, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Policiais da Coordenação Escola Superior de Polícia (CESP/ANP), disponível desde 2010, com periodicidade semestral e, a partir de 2020, três vezes por ano, nos meses de <strong>janeiro</strong>, <strong>maio</strong> e <strong>setembro</strong>, com formato híbrido (eletrônico e impresso) e circulação de 1000 cópias. Trata-se de publicação que tem por objetivo divulgar trabalhos científicos (artigos, resenhas e entrevistas) elaborados por pesquisadores nacionais e estrangeiros, quando considerados relevantes para o avanço teórico-prático das Ciências Policiais, promovendo a produção do conhecimento, a interdisciplinaridade dialética e a troca de experiências de doutrina policial em nível acadêmico. A RBCP possui Conselho Editorial composto por pesquisadores nacionais e estrangeiros. São aceitos para publicação artigos em idiomas português, inglês, espanhol, francês e italiano. O processamento de artigos bem como sua disponibilização aos autores e demais leitores é totalmente gratuita.</p> <p><strong>e-ISSN</strong>: 2318-6917 <strong>ISSN</strong>: 2178-0013</p> pt-BR Atualizações: RBCP lança seu índice geral de 2022 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/24 <p>A Revista Brasileira de Ciências Policiais (RBCP) informa a seus leitores e demais interessados que está disponível para leitura o <strong>índice geral</strong> do periódico referente ao volume 13, ano de 2022.</p> <p>Após o encerramento do referido volume, o objetivo do índice geral é dar transparência ao trabalho realizado pelos nossos pesquisadores e colaboradores, facilitar o acesso a todo o material publicado durante o período em um único local e, com isso, propiciar uma melhor divulgação científica.</p> <p>Além do acesso ao ´índice geral do volume por meio da barra horizontal no topo do periódico, o interessado também pode baixar o arquivo diretamente neste <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/$$$call$$$/api/file/file-api/download-library-file?libraryFileId=20">link</a>.</p> <p>Incentivamos o compartilhamento desta atualização, de forma ampla e irrestrita. Em caso de dúvidas ou equívocos, aguardamos sua mensagem no <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br" target="_blank" rel="noopener">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br</a></p> <p>Agradecemos o interesse e a permanente colaboração com este conteúdo.</p> <p>Atenciosamente,</p> <p><strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES</strong></p> <p><strong>COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA</strong></p> <p> </p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-10-25 Atualizações: Atualização dos Termos de Licença https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/23 <p>A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong> informa ao p´´ublico leitor, autores e demais colaboradores, que atualizou os termos de licença do periódico, conforme segue:</p> <p>"O periódico tem direito de exclusividade sobre a primeira publicação, impressa e/ou digital, deste texto acadêmico, o que não afeta os direitos autorais do(s) responsável(eis) pela pesquisa.</p> <p>A reprodução (integral ou parcial), do material publicado depende da expressa menção a este periódico como origem, mediante citação do <strong>volume, número da edição e do link DOI</strong> para referência cruzada. Para fins de direitos, deve ser consignada a fonte de publicação original.</p> <p>A utilização dos resultados aqui publicados em outros veículos de divulgação científica, <strong>ainda que pelos autores</strong>, <strong>depende de expressa indicação deste periódico como meio de publicação original</strong>, sob pena de caracterizar situação de auto-plágio.</p> <p><strong>____________________________________________</strong></p> <p><strong>Informações adicionais e declarações de autoria</strong></p> <p> (<em>integridade científica</em>)</p> <p> </p> <p><em>Declaração de conflito de interesse</em>: A autoria confirma não haver conflitos de interesse na condução desta pesquisa e escrita deste artigo.</p> <p><em>Declaração de autoria</em>: Todos e apenas os pesquisadores que atendem os requisitos de autoria deste artigo são listados como autores; todos os coautores são integralmente responsáveis por este trabalho em sua inteireza.</p> <p><em>Declaração de originalidade</em>: A autoria assegura que o texto aqui publicado não foi previamente divulgado em qualquer outro local e que a futura republicação apenas será feita com expressa referência ao local original de publicação; também atesta que não há plágio de material de terceiros ou autoplágio.</p> <p>____________________________________________</p> <p><strong>Arquivamento e distribuição</strong></p> <p><em>É permitido o arquivamento do PDF final publicado</em>, sem restrições, em qualquer servidor de acesso aberto, indexador, repositório ou página pessoal, a exemplo do <a href="https://www.academia.edu/" target="_blank" rel="noopener">Academia.edu</a> e <a href="https://www.researchgate.net/" target="_blank" rel="noopener">ResearchGate</a>."</p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-09-28 CHAMADA DE PESQUISADORES: EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ MAIO-AGO 2023 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/22 <p>A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong>, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2020), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de<strong> dossiê temático da edição 12, vol. 14</strong> do periódico científico para o quadrimestre <strong>MAIO-AGOSTO de 2023</strong>, conforme informações que seguem:</p> <p>O <strong>Vol. 14, n. 12</strong>, terá como tema “<strong>A Atividade de Inteligência Policial enquanto Instrumento de Realização do Direito Fundamental à Segurança Pública</strong>”, sob a responsabilidade dos editores convidados:</p> <p>Professor Mestre Fábio Alceu Mertens, (Academia Nacional de Polícia, Itajaí-SC, Brasil), CV lattes: <a href="http://lattes.cnpq.br/1889131933273189" target="_blank" rel="noopener">http://lattes.cnpq.br/1889131933273189</a>;</p> <p>Professor Mestre Felipe Scarpelli de Andrade (Academia Nacional de Polícia, Brasília-DF, Brasil), CV Lattes: <a href="http://lattes.cnpq.br/6780113389939890" target="_blank" rel="noopener">http://lattes.cnpq.br/6780113389939890</a>; ORCID: <a href="https://orcid.org/0000-0003-4892-9081" target="_blank" rel="noopener">https://orcid.org/0000-0003-4892-908</a>1;</p> <p>Professor Doutor Marco Aurélio Chaves Cepik (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre-RS, Brasil), CV Lattes: <a href="http://lattes.cnpq.br/3923697331385475" target="_blank" rel="noopener">http://lattes.cnpq.br/3923697331385475</a>; ORCID: <a href="https://orcid.org/0000-0003-4147-5486" target="_blank" rel="noopener">https://orcid.org/0000-0003-4147-5486</a>.</p> <p> </p> <p><strong>EMENTA:</strong></p> <p class="Citacao_Calibri"><em>A atividade de inteligência policial fortaleceu-se, no Brasil e no mundo, a partir do final da década de 90 e início dos anos 2000 como resposta necessária ao fenômeno da criminalidade organizada transnacional. </em></p> <p class="Citacao_Calibri"><em>Desde então, tanto em apoio aos processos decisórios de alta gestão das Polícias e demais órgãos de segurança pública quanto como suporte nos níveis tático e operacional de policiamento, prevenção, repressão e dissuasão, a atividade vem se desenvolvendo no País, servindo muitas vezes como parâmetro de eficiência nas políticas e ações de enfrentamento ao crime organizado. </em></p> <p class="Citacao_Calibri"><em>Tal desenvolvimento tem ocorrido não somente no campo empírico-policial como também no acadêmico-científico, sendo crescente a produção doutrinária, bibliográfica e de pesquisa na área temática. </em></p> <p class="Citacao_Calibri"><em>Por outro lado, a utilização de técnicas e métodos oriundos da inteligência nas atividades policiais e de segurança pública, inclusive com suas consequências judiciais e judicializáveis, permanece sendo um desafio diário tanto para os operadores-policiais quanto para os estudiosos do assunto. Com efeito, trata-se de atividade que, considerando-se as potenciais colisões de direitos e garantias fundamentais envolvidas no seu exercício, requer constantes aportes relacionados aos pressupostos integrantes da definição e consolidação do Estado Democrático de Direito, pilar da sociedade para o qual a inteligência policial deve necessariamente operar, buscando a máxima realização possível do direito fundamental à segurança pública. </em></p> <p class="Citacao_Calibri"><em>Dentro deste contexto, o presente Dossiê busca reunir artigos e pesquisas que versem sobre: </em></p> <ol role="list" start="1"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="1" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>atividade de inteligência policial e democracia; </em></p> </li> </ol> <ol role="list" start="2"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="2" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>desafios para ações integradas e coordenadas de inteligência entre instituições; </em></p> </li> </ol> <ol role="list" start="3"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="3" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>o uso legal e legítimo de técnicas e métodos de inteligência em apoio a ações de enfrentamento ao crime organizado e ao terrorismo; </em></p> </li> </ol> <ol role="list" start="4"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="4" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>Teoria das Decisões e Modelos de Pensamento em apoio ao assessoramento do processo decisório; </em></p> </li> </ol> <ol role="list" start="5"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="5" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>inteligência policial e o uso de novas tecnologias; </em></p> </li> </ol> <ol role="list" start="6"> <li role="listitem" aria-setsize="-1" data-aria-level="1" data-aria-posinset="6" data-font="Calibri" data-leveltext="%1)" data-list-defn-props="{&quot;335552541&quot;:0,&quot;335559684&quot;:-1,&quot;335559685&quot;:1069,&quot;335559991&quot;:360,&quot;469769242&quot;:[65533,4],&quot;469777803&quot;:&quot;left&quot;,&quot;469777804&quot;:&quot;%1)&quot;,&quot;469777815&quot;:&quot;hybridMultilevel&quot;}" data-listid="1"> <p class="Citacao_Calibri"><em>cooperação internacional e inteligência policial. </em></p> </li> </ol> <p> </p> <p>Os prazos para submissão, período de avaliação <em>ad hoc</em> e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:</p> <p><strong>Vol. 14 Nº 12</strong></p> <p><strong>Prazo limite para Submissões</strong> [até 15 fev. 2023]</p> <p><strong>Período de Avaliações e Revisões</strong> [set a abr. 2023]</p> <p><strong>Previsão de Publicação</strong> [maio 2023]</p> <p>Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de <strong>Submissões Online</strong>, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions">https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions</a>, destacando-se:</p> <p>a) a contribuição deve ser <strong>original e inédita</strong>, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves em três idiomas (no idioma do texto, em idioma inglês e em idioma português ou espanhol (na hipótese do texto estar em francês ou italiano); elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista;</p> <p>b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF;</p> <p>c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a <strong>avaliação duplo-cega por pares </strong>(<em>double-blind peer review</em>);</p> <p>d) deve enviar um <strong>arquivo suplementar</strong>, em separado, com as informações de dados brutos da pesquisa, parecer do comitê de ética em pesquisa, autorizações para uso de imagens, videos, áudio e similares, se for o caso;</p> <p>e) registrar na página de submissão as informações completas de autoria, e-mail, URL do CV Lattes ou ORCID, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria);</p> <p>f) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions"><strong>Diretrizes para Autores</strong></a>;</p> <p>g) observar as instruções disponíveis no campo “<a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/editorialPolicies#peerReviewProcess"><strong>Assegurando a avaliação cega pelos pares</strong></a>”;</p> <p>h) preencher na página de autor os metadados da submissão (palavras-chaves, resumo, referências, área de conhecimento, agência de fomento, tipo de pesquisa etc.) nos idiomas utilizados no resumo do artigo.</p> <p>A violação das <strong>regras de submissão</strong> ou das <strong>diretrizes para autores</strong> poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido.</p> <p>Fica ressaltado que para o segundo quadrimestre de 2023, a submissão de artigos fora da temática acima será recebida normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de <strong>fluxo contínuo</strong>.</p> <p>Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br</a></p> <p> </p> <p>Veja o <strong>Banner da chamada</strong> ao <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/$$$call$$$/api/file/file-api/download-library-file?libraryFileId=13" target="_blank" rel="noopener">clicar aqui</a></p> <p> </p> <p><strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES </strong></p> <p><strong>COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA </strong></p> <p><strong>ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA/DGP </strong></p> <p><strong>POLÍCIA FEDERAL</strong></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-09-16 PRORROGAÇÃO DE PRAZO: Prorrogação do prazo do Edital do Dossiê Temático de Janeiro de 2023. https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/21 <p>A Revista Brasileira de Ciências Policiais informa a quem interessar possa que o <strong>prazo de encerramento</strong> do edital do dossiê temático do <strong>Vol. 14, n. 11,</strong> edição de janeiro/abril de 2023, sob o tema “<strong>Governança, Gestão e Inovação em Segurança Pública</strong>”, foi <strong>prorrogado</strong> até o próximo <strong>dia 30 de setembro de 2022</strong>.</p> <p>Os demais prazos, no entanto, do processo editorial permanecem o mesmo e a publicação não pretende sofrer atrasos.</p> <p>Atenciosamente,</p> <p> </p> <p><strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES</strong></p> <p><strong>ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA</strong></p> <p><strong>ANP/DGP/PF</strong></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-09-09 CHAMADA DE PESQUISADORES: EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ JAN-ABR 2023 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/20 <p>A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong>, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2020), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de<strong> dossiê temático da edição 11, vol. 14</strong> do periódico científico para o quadrimestre <strong>JANEIRO-ABRIL de 2023</strong>, conforme informações que seguem:</p> <p>O <strong>Vol. 14, n. 11</strong>, terá como tema “<strong>Governança, Gestão e Inovação em Segurança Pública</strong>”, sob a responsabilidade da editora de seção:</p> <p>Professora Doutora Gertrudes Aparecida Dandolini, do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina, LATTES: http://lattes.cnpq.br/309854829508686 e ORCID: http://orcid.org/0000-0003-0867-9495</p> <p> </p> <p><strong>EMENTA:</strong></p> <p>O tema da governança, gestão e inovação em segurança pública oportuniza discussões que favorecem o desenvolvimento de estratégias, novos processos, novas arquiteturas organizacionais, táticas, operacionalidades, atitudes, capacidades e processos de liderança. O tema reconhece a importância do conhecimento interdisciplinar para a resolução de desafios no âmbito da segurança pública.</p> <p>Na literatura identifica-se que nas últimas décadas a sociedade presenciou significativos avanços e inovações da segurança pública, propiciadas pelos avanços tecnológicos e pela nova governança pública. Além disso, o cenário demonstra os benefícios da convergência de conhecimentos práticos, científicos e sociais em prol da qualidade de vida, da segurança, da liberdade com responsabilidade, e do desenvolvimento sócio-econômico-político-cultural.</p> <p>Condições cada vez mais incertas e aceleradas no ambiente estão prestes a resultar em uma mudança de paradigma em diversos setores da sociedade, incluindo o da segurança pública. O ambiente em que o macrosistema de Segurança Pública opera está mudando mais rapidamente do que os próprios sistemas e políticas que o compõem . Neste contexto, a inovação torna-se um imperativo, e não mais apenas uma opção. Novas abordagens são necessárias na governança, na gestão e até nas estruturas que constituem esses sistemas para facilitar e agilizar as mudanças e as inovações.</p> <p>A governança difere da gestão, pois a primeira se concentra nas políticas e orientações estratégicas de uma organização e de seus <em>stakeholders</em>, enquanto a gestão se preocupa com a implementação e administração dessas políticas e orientações. A inovação (de políticas, de processo, organizacional, serviços, produtos,...) é o elemento que mobilizará a adaptação das organizações ao ambiente para assim melhor enfrentar os desafios perversos Todos estes processos são dependentes do conhecimento, o principal capital da atualidade, e a gestão do conhecimento, mecanismo que envolve pessoas (incluindo a liderança), processos e tecnologias, é essencial tanto para governança e gestão quanto para a inovação.</p> <p>Dessa forma, convidamos a comunidade científica e a comunidade de pesquisadores e profissionais vinculados à segurança pública, a participar deste dossiê temático. Os artigos devem abordar as seguintes temáticas, sempre <strong>alinhadas à segurança pública</strong>:</p> <p><strong>1) GOVERNANÇA PÚBLICA E GESTÃO ESTRATÉGICA</strong></p> <ul> <li class="show">Modelos de Governança</li> <li class="show">Planejamento estratégico</li> <li class="show">Redes e parcerias</li> <li class="show">Alinhamento com os interesses públicos</li> <li class="show">Engajamento social, satisfação do usuário</li> <li class="show">Redes sociais e gestão da imagem pública</li> <li class="show"><em>Accountability</em> e <em>compliance</em> público</li> <li class="show">Gestão de políticas públicas</li> <li class="show">Ouvidoria e transparência ativa (gestão da transparência)</li> <li class="show">Gestão de riscos e controle interno</li> <li class="show">Compras públicas e contrações</li> <li class="show">Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)</li> <li class="show">Gestão da segurança pública</li> <li class="show">Gestão de dados e da informação</li> </ul> <p> </p> <p><strong>2) TECNOLOGIAS</strong></p> <ul> <li class="show">Ciência de dados (Acesso aberto de dados, big data, ...)</li> <li class="show">Transformação digital</li> <li class="show">Inteligência Artificial</li> <li class="show">Blockchain</li> <li class="show">Sistemas de conhecimento</li> <li class="show">Cybercrimes</li> <li class="show">Integração de sistemas de informação e comunicação</li> <li class="show">Novas técnicas e ferramentas de investigação</li> <li class="show">Cadeia de custódia e gestão de risco</li> </ul> <p> </p> <p><strong>3) GESTÃO DO CONHECIMENTO E INOVAÇÃO </strong></p> <ul> <li class="show">Inteligência Estratégica</li> <li class="show">Prevenção com base em evidências</li> <li class="show">Indicadores (dados, informação, conhecimentos)</li> <li class="show">Teoria de jogos</li> <li class="show">Inovação (empreendedorismo, intraempreendedorismo, criatividade, laboratórios de inovação, processo de inovação, inovação de sistemas, gestão da inovação, métodos, técnicas e ferramentas de Inovação, inovação no setor público, inovação aberta)</li> <li class="show">Gestão do conhecimento (colaboração e coprodução, identificação, criação e compartilhamento de conhecimento, aprendizagem organizacional, capital intelectual, memória organizacional, métodos, práticas e ferramentas de Gestão do Conhecimento)</li> <li class="show">Conhecimentos interdisciplinares</li> </ul> <p><strong>4) GESTÃO DE PESSOAS </strong></p> <ul> <li class="show">Sistemas ou processos de gestão de pessoas (avaliação de desempenho, desafio do futuro do trabalho).</li> <li class="show">Saúde do servidor (qualidade de vida no trabalho, condições de trabalho - prevenção – equipamentos e técnicas, inteligência emocional e social, saúde mental, pandemia e os seus reflexos na saúde do servidor, felicidade no trabalho, entre outros)</li> <li class="show">Políticas de gestão de pessoas (justiça organizacional, teletrabalho, gestão de equipes, gestão por competências, meritocracia, comunicação interna, entre outros)</li> <li class="show">Educação corporativa (empreendedorismo, intraempreendedorismo, aprendizagem organizacional, educação digital, universidade corporativa, estratégias de desenvolvimento de talentos, compartilhamento de conhecimento)</li> <li class="show">Cultura organizacional, clima organizacional, liderança.</li> <li class="show">People <em>analytics</em> (avaliação de informações de forma estratégica, tomada de decisão, comportamento dos colaboradores).</li> </ul> <p> </p> <p>Os prazos para submissão, período de avaliação <em>ad hoc</em> e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:</p> <p><strong>Vol. 14 Nº 11 </strong></p> <p><strong>Prazo limite para Submissões</strong> [até 30 ago. 2022]</p> <p><strong>Período de Avaliações e Revisões</strong> [jun a dez. 2022]</p> <p><strong>Previsão de Publicação</strong> [JAN 2023]</p> <p>Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de <strong>Submissões Online</strong>, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions">https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions</a>, destacando-se:</p> <p>a) a contribuição deve ser <strong>original e inédita</strong>, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves em três idiomas (no idioma do texto, em idioma inglês e em idioma português ou espanhol (na hipótese do texto estar em francês ou italiano); elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista;</p> <p>b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF;</p> <p>c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a <strong>avaliação duplo-cega por pares </strong>(<em>double-blind peer review</em>);</p> <p>d) deve enviar um <strong>arquivo suplementar</strong>, em separado, com as informações de dados brutos da pesquisa, parecer do comitê de ética em pesquisa, autorizações para uso de imagens, videos, áudio e similares, se for o caso;</p> <p>e) registrar na página de submissão as informações completas de autoria, e-mail, URL do CV Lattes ou ORCID, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria);</p> <p>f) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions"><strong>Diretrizes para Autores</strong></a>;</p> <p>g) observar as instruções disponíveis no campo “<a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/editorialPolicies#peerReviewProcess"><strong>Assegurando a avaliação cega pelos pares</strong></a>”;</p> <p>h) preencher na página de autor os metadados da submissão (palavras-chaves, resumo, referências, área de conhecimento, agência de fomento, tipo de pesquisa etc.) nos idiomas utilizados no resumo do artigo.</p> <p>A violação das <strong>regras de submissão</strong> ou das <strong>diretrizes para autores</strong> poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido.<br />Fica ressaltado que para o terceiro quadrimestre de 2022, a submissão de artigos fora da temática acima será recebida normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de <strong>fluxo contínuo</strong>.<br />Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br</a></p> <p>Veja o Banner da chamada <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/dossieRBCPv14n112023" target="_blank" rel="noopener">clicando aqui</a></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-04-04 CHAMADA DE PESQUISADORES: Politeia - Revista Portuguesa de Ciências Policiais (ISSN 1640-0367) recebe trabalhos científicos https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/19 <p>Preservando o objetivo de reunir os estudos empíricos, teóricos, de revisão e de caso, nacionais e estrangeiros, relevantes em todos os domínios do conhecimento, designadamente nas Ciências Sociais e Humanas/Ciência Policial e Segurança Interna, vem o Centro de Investigação do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ICPOL – Unidade ID&amp;I) a convidar os <em>mui</em> distintos membros da comunidade de interessados nas Ciências Policiais, a contribuir com um trabalho científico, de preferência inédito, na sua sementeira de investigação, como proposição de publicação.</p> <p>Os trabalhos científicos enviados serão objeto de arbitragem científica, devendo obrigatoriamente respeitar as instruções patenteadas em <a href="http://politeia-online.pt/submissao/">http://politeia-online.pt/submissao/</a>, evitando assim prejuízo às diferentes fases de produção editorial.</p> <p><strong>Politeia – Revista Portuguesa de Ciências Policiais (ISSN 1640-0367)</strong>, Ano XIX, com lançamento no último trimestre de 2022.</p> <p><strong>Data-limite de entrega</strong>: 30 de junho de 2022.</p> <p><strong>E-mail para entrega</strong>: <a href="mailto:icpol.iscpsi@psp.pt">icpol.iscpsi@psp.pt</a>.</p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-03-29 CHAMADA DE PESQUISADORES: EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ SET-DEZ 2022 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/18 <p>A&nbsp;<strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong>, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2020), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de<strong>&nbsp;dossiê temático&nbsp;da&nbsp;edição 10, vol. 13</strong>&nbsp;do periódico científico para o&nbsp;quadrimestre <strong>SETEMBRO-DEZEMBRO de 2022</strong>, conforme informações que seguem:</p> <p>O&nbsp;<strong>Vol. 13, n. 10</strong>, terá como tema&nbsp;“<strong>Psicologia de Polícia</strong>”, sob a responsabilidade da editora de seção:</p> <p>Professora Doutora Lúcia G. Pais,&nbsp; do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (Lisboa, Portugal) e&nbsp; Instituto Universitário Egas Moniz (Lisboa, Portugal),&nbsp; <a href="https://orcid.org/0000-0002-6001-5189">https://orcid.org/0000-0002-6001-5189</a></p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p><br><strong>EMENTA</strong>:</p> <p>No mundo contemporâneo, caracterizado pelo risco e pela incerteza, os problemas que se apresentam às organizações policiais e aos polícias conhecem crescente complexidade, exigindo maior e mais qualificado investimento no fator humano. Diferentes saberes científicos têm participado na modernização da atividade policial e contribuído para a definição de boas práticas.</p> <p>O conhecimento advindo da psicologia e a intervenção do psicólogo nas organizações policiais são internacionalmente reconhecidos como cruciais para a melhoria da prestação do serviço policial, nomeadamente, através do investimento na qualidade das condições de trabalho e no apoio aos profissionais de polícia.</p> <p>O permanente desenvolvimento de novas tecnologias e sua aplicação aos problemas policiais obrigam também a uma crescente sofisticação dos profissionais de polícia na utilização de competências de tomada de decisão, perceção e gestão do risco, comunicação, liderança, investigação.</p> <p>Selecionar os mais competentes, bem como projetar e desenhar formação e treino para os polícias que estarão em funções em meados do século XXI, implica que os gestores e líderes policiais acolham os conhecimentos advindos da área da psicologia.</p> <p>É com este enquadramento que iremos acolher as contribuições dos autores que se interessem e pesquisem no âmbito da Psicologia de Polícia (considerada uma especialidade para a American Psychological Association desde 2013), enquanto área de aplicação de princípios e métodos da ciência psicológica às organizações policiais e seus profissionais, enquanto elementos essenciais e ativos das comunidades.</p> <p>Os tópicos passíveis de abordagem no dossiê são:</p> <p>-A relação entre a psicologia e a atividade policial;</p> <p>-História da psicologia de polícia;</p> <p>-O psicólogo nas organizações policiais:</p> <p><em>Seleção, formação e treino policial</em></p> <p><em>Avaliação da aptidão para o serviço</em></p> <p><em>Intervenção psicológica em incidentes críticos e gestão de stress</em></p> <p><em>Consequências do trabalho policial sobre os polícias</em></p> <p><em>Perceção e gestão de risco</em></p> <p><em>Tomada de decisão</em></p> <p><em>Liderança</em></p> <p>- O psicólogo na investigação criminal:</p> <p><em>A técnica dos perfis criminais&nbsp;</em></p> <p><em>A psicologia investigativa</em></p> <p>- Temas atuais da psicologia de polícia:</p> <p><em>Novas tecnologias aplicadas ao trabalho policial</em></p> <p><em>Inteligência artificial aplicada aos problemas policiais</em></p> <p><em>Cidades inteligentes e desenho de segurança</em></p> <p>Os prazos para submissão, período de avaliação <em>ad hoc</em>&nbsp;e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:</p> <p><br><strong>Vol. 13 Nº 10 Prazo limite para Submissões</strong> [17 jul. 2022]&nbsp;</p> <p><strong>Período de Avaliações e Revisões</strong> [abr. a ago. 2022]</p> <p><strong>Previsão de Publicação</strong> [set. 2022]</p> <p>Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de&nbsp;<strong>Submissões Online</strong>, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em&nbsp;<a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions">https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions</a>, destacando-se:</p> <p>a) a contribuição deve ser <strong>original e inédita</strong>, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves em três idiomas (no idioma do texto, em idioma inglês e em idioma português ou espanhol (na hipótese do texto estar em francês ou italiano); elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista;</p> <p>b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF;</p> <p>c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a <strong>avaliação duplo-cega por pares&nbsp;</strong>(<em>double-blind peer review</em>);</p> <p>d) deve enviar um <strong>arquivo suplementar</strong>, em separado, com as informações de dados brutos da pesquisa, parecer do comitê de ética em pesquisa, autorizações para uso de imagens, videos, áudio e similares, se for o caso;</p> <p>e) registrar na página de submissão as informações completas de autoria, e-mail, URL do CV Lattes ou ORCID, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria);</p> <p>f) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em <strong><a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions">Diretrizes para Autores</a></strong>;</p> <p>g) observar as instruções disponíveis no campo “<strong><a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/editorialPolicies#peerReviewProcess">Assegurando a avaliação cega pelos pares</a></strong>”;</p> <p>h) preencher na página de autor os metadados da submissão (palavras-chaves, resumo, referências, área de conhecimento, agência de fomento, tipo de pesquisa etc.) nos idiomas utilizados no resumo do artigo.</p> <p>A violação das <strong>regras de submissão</strong> ou das <strong>diretrizes&nbsp;para autores</strong>&nbsp;poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido.<br>Fica ressaltado que para o terceiro quadrimestre de 2022, a submissão de artigos fora da temática acima será recebida normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de <strong>fluxo contínuo</strong>.<br>Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a&nbsp;<a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br</a></p> <p>Veja o Banner da chamada <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/dossieRBCPv13n102022" target="_blank" rel="noopener">clicando aqui</a></p> <p><strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES </strong></p> <p><strong>COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA </strong></p> <p><strong>ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA/DGP </strong></p> <p><strong>POLÍCIA FEDERAL</strong></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2022-03-22 CHAMADA DE PESQUISADORES: EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ MAIO-AGO 2022 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/17 <p>A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong>, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2020), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de <strong>dossiê temático</strong> da <strong>edição 9, vol. 13</strong> do periódico científico para o <strong>quadrimestre maio-agosto de 2022</strong>, conforme informações que seguem:</p> <p>O <strong>Vol. 13, n. 9</strong>, terá como tema <strong>“Direito Penal Ambiental”</strong>, sob a responsabilidade dos editores de seção:</p> <p>Professor Me. Sebastião Augusto de Camargo Pujol, doutorando em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (Licenciado do Centro Universitário Padre Anchieta, Jundiaí/SP, Brasil), <a href="http://lattes.cnpq.br/0526353471381615"> http://lattes.cnpq.br/0526353471381615</a> || <a href="https://orcid.org/0000-0001-7341-9599">https://orcid.org/0000-0001-7341-9599</a>e<br>Professor Doutor Fabio Augusto da Silva Salvador (Polícia Federal, Curitiba/PR, Brasil), <a href="http://lattes.cnpq.br/0900529093290828"> http://lattes.cnpq.br/0900529093290828</a> || <a href="https://orcid.org/0000-0002-5992-3251">https://orcid.org/0000-0002-5992-3251</a></p> <p><strong>EMENTA</strong>:</p> <p>Existem várias formas de se pensar o meio ambiente, dentre as quais destacam-se 03 (três) concepções, a dizer : a concepção antropocêntrica a defender a tese de que a tutela do meio ambiente objetiva defender a vida humana pois, como disse o filósofo Protágoras, “o homem é a medida de todas as coisas”; a concepção ecocêntrica em que as preocupações com o planeta e a natureza são preponderantes cuja perspectiva extremada entende a floresta e os animais não humanos como sujeitos de direito despersonalizados; a concepção policêntrica ou cosmocêntrica a estabelecer um meio termo com prevalência da concepção antropocêntrica ou ecocêntrica em cada caso concreto, balizado no princípio da proporcionalidade e razoabilidade. <br>Essas concepções ambientais constituem os pressupostos teóricos fundamentais do direito ambiental cuja característica triunfante é a transversalidade epistemológica com forte influências determinantes de comunidades epistêmicas diversas, tais como a biologia, a química, a geologia e a própria ecologia. <br>Um dos aspectos importantes do direito ambiental é o Direito Penal Ambiental (ou Direito Penal Ecológico). É cada vez mais frequente a utilização do Direito Penal para a tutela do patrimônio ambiental biótico e abiótico. No ano de 2008 a União Europeia aprovou a Diretiva 2008/99/CE postulando a proteção do ambiente através do direito penal. A emergência climática, o aquecimento global, a poluição e acidez oceânica tem ocupado a agenda global contemporânea. <br>Bem por isso, neste ano de 2021 foram realizados 04 (quatro) eventos internacionais sobre meio ambiente, a dizer: i. A Cúpula do Clima (convocada por Joe Biden); ii. O Fórum Mundial de Bioeconomia (realizado em Belém do Pará); iii. A COP-15 da Biodiversidade (realizada na China); iv. A COP-26 em Glasgow/Escócia (a mais importante das Conferências do Clima). <br>O direito penal ambiental pode ser observado como um poliedro com diversas faces, sendo todas elas relevantes para a tutela penal do meio ambiente para a atual geração e para as gerações futuras. Nesse diapasão destacam-se as seguintes aspectos ou guidelines deste ramo do Direito a sinalizar as temáticas a serem abordadas nesta publicação, a saber :</p> <p><br>1. Crimes contra a Vida Selvagem (Wildlife crime) : <br><br><br>1.1. Crimes contra a fauna <br><br><br>1.2. Crimes contra a flora <br>2. Crime de usurpação de bem mineral da União <br>3. Crime de usurpação ou invasão de terras públicas (grilagem) e macrocriminalidade conexa (crimes contra a fé pública, esbulho possessório, extorsão, homicídio, ameaça, facção criminosa, corrupção passiva e ativa) <br>4. Crime contra a Administração Ambiental <br>5. Crime de poluição da água, solo e ar <br><br><br>5.1 Crime de poluição sonora <br>6. Crime Ambiental Organizado</p> <p>Os prazos para submissão, período de avaliação “ad hoc” e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:</p> <p><strong>Vol. 13 Nº 9 Prazo limite para Submissões</strong> [7 mar. 2022]&nbsp;</p> <p><strong>Período de Avaliações e Revisões</strong> [fev. a abr. 2022]</p> <p><strong>Previsão de Publicação</strong> [maio 2022]</p> <p>Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de <strong>Submissões Online</strong>, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions">https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions</a>, destacando-se:</p> <p>a) a contribuição deve ser <strong>original e inédita</strong>, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves em três idiomas (no idioma do texto, em idioma inglês e em idioma português ou espanhol (na hipótese do texto estar em francês ou italiano); elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista; <br>b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF; <br>c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a <strong>avaliação duplo-cega por pares</strong> (<em>double-blind peer review</em>); <br>d) deve enviar um <strong>arquivo suplementar</strong>, em separado, com as informações completas de autoria, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria); <br>d) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em <strong>Diretrizes para Autores</strong>, na página <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about"><strong>Sobre a Revista</strong></a>; <br>e) observar as instruções disponíveis no campo <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/editorialPolicies#peerReviewProcess"><strong>“Assegurando a avaliação cega pelos pares”</strong></a>.</p> <p>A violação das regras de <strong>submissão</strong> ou das <strong>diretrizes para autores</strong> poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido. <br>Fica ressaltado que para o segundo quadrimestre de 2022, a submissão de artigos fora da temática acima será recebida normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/index"><strong>fluxo contínuo</strong></a>. <br>Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br </a></p> <p><strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA/DGP POLÍCIA FEDERAL</strong></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2021-12-09 Novos indexadores: Novos indexadores da RBCP https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/14 <p>Para conhecimento de nossos usuários, informamos que em continuidade ao seu esforço de ampliar o acesso e a divulgação da produção acadêmica e científica nas áreas de ciências policiais, segurança pública e sistema de justiça criminal, assim como a internacionalização de sua abrangência, a Revista Brasileira de Ciências Policiais (RBCP) foi recentemente indexada ou atualizou a página referente aos seguintes indexadores:</p> <p>- <strong>SHERPA/ROMEO</strong> <a href="https://v2.sherpa.ac.uk/id/publication/40074" target="_blank" rel="noopener">https://v2.sherpa.ac.uk/id/publication/40074 </a></p> <p>- <strong>AURA/AMELICA</strong>: <a href="http://aura.amelica.org/detalle-revista.html?cveRevista=2087" target="_blank" rel="noopener">http://aura.amelica.org/detalle-revista.html?cveRevista=2087 </a></p> <p>- <strong>PORTAL DE REVISTAS SUSP</strong> <a href="http://portalderevistasusp.mj.gov.br/index.php/2021/05/26/revista-brasileira-de-ciencias-policiais/" target="_blank" rel="noopener">http://portalderevistasusp.mj.gov.br/index.php/2021/05/26/revista-brasileira-de-ciencias-policiais/ </a></p> <p>- <strong>ABEC BRASIL</strong> <a href="https://www.abecbrasil.org.br/novo/includes/revistas_associadas.asp" target="_blank" rel="noopener">https://www.abecbrasil.org.br/novo/includes/revistas_associadas.asp </a></p> <p>- <strong>JOHN JAY COLLEGE OF CRIMINAL JUSTICE</strong> <a href="http://mh9fe2ft4z.search.serialssolutions.com/?V=1.0&amp;L=MH9FE2FT4Z&amp;S=JCs&amp;C=JC_018825556&amp;T=marc" target="_blank" rel="noopener">http://mh9fe2ft4z.search.serialssolutions.com/?V=1.0&amp;L=MH9FE2FT4Z&amp;S=JCs&amp;C=JC_018825556&amp;T=marc </a></p> <p>- <strong>EUROPUB</strong> <a href="https://europub.co.uk/journals/revista-brasileira-de-ciencias-policiais-J-6288" target="_blank" rel="noopener">https://europub.co.uk/journals/revista-brasileira-de-ciencias-policiais-J-6288 </a></p> <p>Caso tenha interesse em indexar ou informar um serviço de indexação para a RBCP pleitear a inclusão, entre em contato no <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br" target="_blank" rel="noopener">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br</a> .</p> <p> </p> <p>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES</p> <p>COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA</p> <p>ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA</p> <p>DGP - POLÍCIA FEDERAL</p> <p><strong>atualizado: nov./2021</strong></p> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2021-11-03 CHAMADA DE PESQUISADORES: EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ JAN-ABR 2022 https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/announcement/view/12 A <strong>Revista Brasileira de Ciências Policiais</strong>, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2018), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de <strong>dossiê temático</strong> da <strong>edição 7, vol. 13</strong> do periódico científico para o <strong>quadrimestre janeiro-abril de 2022</strong>, conforme informações que seguem: <P>O <strong>Vol. 13, n. 7</strong>, terá como tema <strong>“Os profissionais de segurança pública como sujeitos de direitos: políticas públicas, qualidade de vida e democracia”</strong>, sob a responsabilidade dos editores de seção:</P> Professor Doutor Heitor de Carvalho Pagliaro (Universidade Federal de Goiás, Brasil), <a href="https://orcid.org/0000-0001-6431-930X">https://orcid.org/0000-0001-6431-930X</a>, <BR> Pesquisador Doutor Guilherme Borges da Silva (Universidade Federal de Goiás, Brasil), <a href="https://orcid.org/0000-0002-5992-3251">https://orcid.org/0000-0002-5992-3251</a>, e <BR> Professor Doutor Pablo Ornelas Rosas (Universidade de Vila Velha, Brasil), <a href="https://orcid.org/0000-0002-9075-3895">https://orcid.org/0000-0002-9075-3895</a>. <P><STRONG>EMENTA</STRONG>:</P> A aproximação entre os direitos humanos e as políticas de segurança pública se tornou indispensável no processo de desenvolvimento de uma sociedade comprometida com os valores democráticos e que garanta a promoção dos direitos fundamentais. Sendo assim, compreende-se que, além da necessidade de se formar agentes de segurança pública garantidores e promotores de direitos humanos, é fundamental que esses profissionais estejam vinculados a instituições e ambientes de trabalhado onde seus próprios direitos sejam garantidos e respeitados. <BR>A relação entre direitos humanos e segurança pública está marcada por visões equivocadas e preconceituosas, o que representa, portanto, um forte impedimento para a construção de parcerias entre essas duas áreas de conhecimento e saber. Por isso, entende-se que há a necessidade de que tais barreiras sejam quebradas e, a partir disso, seja possível avançar na elaboração e no desenvolvimento de ações e políticas públicas entre esses dois setores. <BR>Tais como medidas que considerem a necessidade de transversalidade e da especificidade dos direitos humanos tanto no processo de formação dos profissionais de segurança pública quanto na constituição deles enquanto sujeitos portadores de direitos. <BR>As políticas públicas voltadas aos servidores da segurança pública visam a melhoria na qualidade de vida desses profissionais, com a criação e promoção de direitos sociais e a ampliação da noção de cidadania e dos valores democráticos. <BR>Diante do exposto, o dossiê em questão busca reunir artigos e pesquisas que versem sobre: <BR>1) as condições de existência e assistência dos servidores da segurança pública em seus aspectos sociodemográficos e ocupacionais, através de estudos que possam indicar a qualidade e expectativa de vida, a partir da verificação de ocorrências, nos âmbitos da vida pessoal e ocupacional, de violências de gênero, assédios, vitimização, saúde física e mental, distúrbios de comportamento; <BR>2) a cultura organizacional em que esses profissionais estão inseridos, com trabalhos que discorram sobre hierarquia, disciplina, legalidade, gestão, produção e outras questões que dizem respeito aos aspectos democráticos das instituições, como a caracterização da estrutura e o seu clima organizacional; <BR>3) a formação dos profissionais de segurança pública, através de trabalhos que estejam relacionados com o perfil profissiográfico dos operadores e o mapeamento e a avaliação que realizam sobre as competências técnicas, as oportunidades educacionais e as formações curriculares; <BR>4) o papel político-institucional da força policial, por meio de estudos que discorram sobre as percepções e sentimentos dos profissionais das diferentes instituições de segurança pública em relação à segurança jurídica no emprego do uso da força em suas ações de trabalho e no cotidiano profissional, envolvendo letalidade e vitimização. <BR>E, ainda, pretende-se reunir trabalhos que façam a interconexão desses aspectos, sob a luz dos marcadores de diferenças – classe, raça, gênero e sexualidade – com o exercício da profissão. <P>Os prazos para submissão, período de avaliação “ad hoc” e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:</P> <STRONG>Vol. 13 Nº 7 Prazo limite para Submissões</STRONG> [10 set. 2021] <P><STRONG>Período de Avaliações e Revisões</STRONG> [set. a nov. 2021] <P><STRONG>Previsão de Publicação</STRONG> [jan. 2022] <p>Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de <strong>Submissões Online</strong>, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions">https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions</a>, destacando-se:</p> <p>a) a contribuição deve ser <strong>original e inédita</strong>, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves no idioma do texto e em inglês; elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista; <br>b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF; <br>c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a <strong>avaliação duplo-cega por pares</strong> (<i>double-blind peer review</i>); <br>d) deve enviar um <strong>arquivo suplementar</strong>, em separado, com as informações completas de autoria, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria); <br>d) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em <strong>Diretrizes para Autores</strong>, na página <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about"><strong>Sobre a Revista</strong></a>; <br>e) observar as instruções disponíveis no campo <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/editorialPolicies#peerReviewProcess"><strong>“Assegurando a avaliação cega pelos pares”</strong></a>. </p> <p>A violação das regras de <strong>submissão</strong> ou das <strong>diretrizes para autores</strong> poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido. <br>Fica ressaltado que para o primeiro quadrimestre de 2022, o recebimento de artigos fora da temática acima será recebido normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de <a href="https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/index"><strong>fluxo contínuo</strong></a>. <br>Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a <a href="mailto:publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br">publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br </a></p> <strong>SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA/DGP POLÍCIA FEDERAL</strong> Revista Brasileira de Ciências Policiais 2021-06-09