Análise de Riscos e a Atividade de Inteligência

Autores

  • Felipe Scarpelli de Andrade DPF

DOI:

https://doi.org/10.31412/rbcp.v8i2.462

Palavras-chave:

Segurança Pública, Análise de Riscos, Gestão de Riscos, Atividade de Inteligência, Assessoramento

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo fornecer suporte para instituições públicas, sobretudo aquelas relacionadas à atividade de Inteligência, na Gestão e Análise de Riscos. O processo de produção do conhecimento técnico e a sua gestão possuem papel relevante, pois qualificam a informação e se apresentam como forma que permite diminuir incertezas, ampliar as possibilidades dos processos decisórios e potencializar as ações e estratégias organizacionais e operacionais. Assim, o estudo aborda a contribuição que a Análise de Riscos pode oferecer aos órgãos de Inteligência, ao provir ao seu usuário conhecimentos organizados e processados de forma técnica, sugerindo ações e medidas de prevenção ou correção de possíveis falhas detectadas em um determinado processo, seja ele operacional ou de governança. Ao compreender o fenômeno da segurança pública e os seus processos por meio deste instrumento, assessora-se, com maior qualidade, a tomada de decisão sobre a viabilidade de se tratar um determinado risco. Dessa forma, apresenta-se uma estrutura adaptada e customizada de Gestão de Riscos por meio de uma abordagem sistêmica sobre o tema, a fim de permitir melhor compreensão do assunto ao sugerir que a Análise de Riscos deve ser implementada e adaptada em todo o contexto organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Scarpelli de Andrade, DPF

Especialista em Inteligência de Segurança Pública pela Univesidade Sul de Santa Catarina. Graduado em Turismo pela Universidade Estácio de Sá (2004). Analista de Inteligencia Estrategica pela Escola Superior de Guerra (2013). Agente de Polícia Federal. Professor da Academia Nacional de Polícia do Departamento de Polícia Federal (ANP/DPF) nos Cursos de Formação, Especialização e Aperfeiçoamento. Professor da Doutrina de Inteligência (DINT) da Polícia Federal nos cursos afetos à área de Inteligência Policial. Atualmente atuando na área de Inteligência Estratégica, Inteligência Policial e Segurança Pública.

Downloads

Publicado

"09/03/2018"

Como Citar

SCARPELLI DE ANDRADE, F. Análise de Riscos e a Atividade de Inteligência. Revista Brasileira de Ciências Policiais, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 90–116, 2018. DOI: 10.31412/rbcp.v8i2.462. Disponível em: https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/article/view/462. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.