A Prestação do Serviço de Investigação Criminal: um estudo para a aplicação da gestão por processo - Business Process Management (BPM)

Luís Henrique Costa Ferreira

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa aplicada que teve por objetivo entender o uso das técnicas de Gestão por Processo no gerenciamento da investigação criminal conduzida por uma delegacia de polícia judiciária. Para tanto a investigação criminal é vista como um Processo de Negócio. A conclusão aponta para vantagens significativas na implantação das técnicas de gestão por processo na administração da prestação do serviço de investigação criminal.

 


Palavras-chave


Criminalidade de massa; gestão da investigação criminal; gestão por processo; administração pública; delegacia de polícia judiciária.

Texto completo:

PDF

Referências


ACPO ASSOCIATION OF CHIEF POLICE OFFICERS OF ENGLAND WALES AND NORTHERN IRELAND (London). ACPO Investigation of Volume Crime Manual. London: Acpo, 2002.

ACPO-NPIA (England). Pratice advice on the management os priority and volume crime. 2. ed. London: Association Of Chief Police Officers (acpo), 2009. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2018.

ADAIR, Charlene A.; MURRAY, Bruce A.. Revolução total dos processos: estratégias para maximizar o valor do cliente. São Paulo: Nobel, 1996.

AFONSO, JoÃo JosÉ Rodrigues. A privatização de funções de segurança pública interna: A funções inalienáveis do Estado de Direito Democrático e novo paradigma de descentralização do exercício de poderes de polícia. 2015. 455 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutor em Direito, Departamento de Direito, Universidade Autónoma de Lisboa, Lisboa, 2015. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2018.

ALMEIDA, Arnaldo Quirino de. Direito penal econômico: e autoria no crime tributário praticado em nome e no interesse da pessoa jurídica. 2. ed. Florianópolis: Conceito Editorial, 2015. 166 p.

ANDRÉA, Ana Nascimento. A ESPECIALIZAÇÃO SEM ESPECIALISTAS: UM ESTUDO SOBRE AS PRÁTICAS (IN) FORMAIS DE INVESTIGAÇÃO DE INVESTIGAÇÃO E DE TRANSMISSÃO DE CONHECI. 2008. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ifcs, Ufrj, Rio de Janeiro, 2008.

ARMAÇÃO DO GOLPE DA FALSA VENDA DE CARROS. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

BENNETT, Wayne; HESS, Karen M; ORTHMANN, Christine M. H. R.. CRIMINAL INVESTIGATION.8. ed. Ca/usa: Thomson Learning, 2006.

BLANCHET, Luiz Renato. Manual Prático De Investigação De Homicídios. Curitiba: Ithala, 2016.

BRASIL. Decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Rio de Janeiro, DF, Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2018.

BRASIL. MINISTÉRIO PðBLICO FEDERAL. . Manual de gestão por processos. Brasília: Mpf, 2013. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

BRASIL. Senasp. Ministério da Justiça. Curso de investigação criminal 2. 2008. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2009.

BRASIL. Senasp/mj. Ministério da Justiça. Curso de investigação criminal 1. 2008. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2009.

CAMPAGNAC, Vanessa; FERREIRA, Marcus. Avaliação do impacto do uso da informação na prevenção do roubo a transeunte no estado do rio de Janeiro. In: CONGRESSO DE GESTÃO PðBLICA, 6., 2013, Brasília - Df. Anais... . Brasília: Consad, 2013. p. 1 - 23. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2018.

CAMPOS, André L. N.. Modelagem de processo com BPMN. Rio de Janeiro: Brasport, 2014.

CAMPOS, Vicente Falconi. Gerenciamento da rotina do trabalho do dia a dia. Nova Lima: Falconi, 2013.

CAVALCANTE, Rubens. Modelagem de processos: roteiro para realização de projetos de modelagem de processos de negócios. Rio de Janeiro: Brasport, 2017.

CHAPMAN, Rachel; SMITH, Lisa L.; BOND, John W.. An Investigation into the Differentiating Characteristics Between Car Key Burglars and Regular Burglars. Journal Of Forensic Sciences, [s.l.], v. 57, n. 4, p.939-945, 15 fev. 2012. Wiley-Blackwell. http://dx.doi.org/10.1111/j.1556-4029.2012.02096.x.

COBRA, Coriolano Nogueira. MANUAL DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL. São Paulo: Saraiva, 1983.

CRUZ, Marco António Ferreira da. SEGURANÇA E CRIMINALIDADE ORGANIZADA: O TRÁFICO DE ESTUPEFACIENTES. 2013. 108 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Faculdade de Direito, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2013. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2018.

DINIZ, Breno Freira. Novas perspectivas na investigação da criminalidade de massa e sua importância para o enfrentamento do crime organizado. Revista Brasileira de Ciências Policiais, Df, v. 8, n. 1, p.183-207, jan. 2017. Disponível em: . Acesso em: 06 abr. 2018.

EUR-LEX (União Europeia). Comunicação da Comissão ao Conselho e ao Parlamento Europeu - Prevenção da criminalidade na União Europeia: /* COM/2004/0165 final */. 2004. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2018.

FABIOCRUZ.COM. Introdução a modelagem de processos com BPMS. 2013. Disponível em: . Acesso em: 1 fev. 2018.

FERREIRA, Ayrton Sérgio Rochedo. Modelagem organizacional por processos: Um sistema óbvio de gestão, um passo além da hierarquia. Rio de Janeiro: Mauad X, 2010.

FERREIRA, Luís Henrique Costa; FERREIRA, Nilton JosÉ Costa. INVESTIGAÇÃO CRIMINAL: UM ESTUDO METODOLOGICO. São Paulo: Sicurezza, 2013.

GARCIA, Ismar Estulano. PROCEDIMENTO POLICIAL: INQUÉRITO. GoiÂnia: Ab Editora, 2007.

GOIÁS. Goiás. Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento. Modelgame de processos com Bizagi Modeler. GoiÂnia: Goiás, [200-].

GUELBERT, Marcelo. Estratégia de gestão de processo e da qualidade. Curitiba: Iesde, 2012.

HASSEMER, Winfried. Direito penal libertário. Belo Horizonte: del Rey, 2007. 264 p.

LIMA, João Cavalim. Atividade policial e confronto armado. Curitiba: Jurúa, 2005.

MARSHALL JUNIOR, Isnard et al. Gestão de qualidade e processos. Rio de Janeiro: Fgv, 2012.

MONTEIRO, Fernando Pinto et al. Ministério Público: Que Futuro. Lisboa: Incm, 2012.

ONU. Criminal Intelligence: Manual for Analysts. Viena: Onu, 2011.

PAIM, Rafael et al. Gestão de processos: pensar, agir e aprender. Porto Alegre: Bookman, 2009.

PRADELLA, Simone; FURTADO, João Carlos; KIPPER, Liane Mählmann. Gestão de processos: da teoria à prática. São Paulo: Atlas, 2012.

PRADO JÚNIOR, Tarcisio Ximenes. GESTÃO POR PROCESSOS:: Instrumento de Governança na Administração Pública. 2013. 48 f. TCC (Graduação) - Curso de Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, Escola Superior de Guerra, Rio de Janeiro, 2013. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

ROCHA, LuÍs Carlos. Investigação policial: teoria e prática. Bauru: Edipro - Edições Profissionais, 2003.

SCUCUGLIA, Rafael. Gestão por Processos (BPM): uma mudança de filosofia gerencial. 2011. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 2017.

SILVA, Jorge Gonçalves da. Gestão por processos em organizações públicas: Uma análise sobre obstrutores e facilitadores do mapeamento de processo em organizações públicas. 2014. 90 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

SILVA, Leandro Costa da. Gestão e melhoria de processos: conceitos, práticas e ferramentas.Rio de Janeiro: Brasport, 2015.

SOUSA, Vera Lourenço de. Evitar erros na investigação criminal. 2012. Disponível em: . Acesso em: 7 mar. 2018.

SUPORTEGERENCIAL. Gestão de Processos de Negócios (BPM) Suporte Gerencial. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2018.

TONRY, Michael; MORRIS, Norval; GHIROTTI, Jacy Cardia. Policiamento Moderno. São Paulo: Edusp, 2003.

UNODC (Austria). Handbook on the crime prevention guidelines. Viena: United Nations, 2010.

VIENNA. United Nations Office On Drugs And Crime. United Nations. Criminal Intelligence: Manual for Analysts. New York: United Nations, 2011. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.31412%2Frbcp.v9i2.546

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

e-ISSN: 2318-6917 || p-ISSN: 2178-0013 || ISSN-L: 2178-0013

                                                                                                          ANP Editora     OAI PMH Metadata (Open Archives)