Novos Paradigmas da Investigação Criminal

Luís Antônio Vilalta, Talles Amaral Machado

Resumo


O presente artigo analisa os fatores organizacionais que contribuem para uma investigação criminal mais eficaz pela Polícia Federal por meio de estudo de caso sobre o Projeto Tentáculos. Parte-se da experiência de modelos interorganizacionais já adotados, cujas lições projetaram caminhos para uma abordagem holística do fenômeno da criminalidade, com enfoque preventivo. A rotina de tratamento de notícias de crimes assume elevada importância no resultado das investigações em que a seletividade persecutória se apresenta como caminho viável a partir do estabelecimento de premissas decisórias com enfoque em critérios que confiram racionalidade ao sistema penal. Pretende-se com a pesquisa apontar alternativas para a adoção de novo paradigma da investigação criminal, e os caminhos a serem percorridos para a expansão do modelo adotado no Projeto Tentáculos para outros setores da Polícia Federal.


Palavras-chave


Projeto Tentáculos. Modelos interorganizacionais. Notícia de crime. Sistema de Informação. Rotina Organizacional. Princípio da obrigatoriedade

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BECK, Charlie; MCCUE, Colleen. Predictive policing: what can we learn from Wal-Mart and Amazon about fighting crime in a recession?. Police Chief, v. 76, n. 11, p. 18, 2009. Disponível em: < http://controverses.mines-paristech.fr/public/promo16/promo16_G16/acmcst373ethics.weebly.com/uploads/2/9/6/2/29626713/police-chief-magazine.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2018.

BRASIL. Portaria nº 4.453/2014-DG/DPF. Polícia Federal. Brasília. Vide:< http://www.pf.gov.br/institucional/planejamento-estrategico>. Acesso em: 04 mai. 2018.

BRASIL. Instrução Normativa - IN nº 108/2016-DG/PF. Polícia Federal. Brasília. Disponível em: http://www.fenapef.org.br/wp-content/uploads/2016/11/IN-nova-PJ-1.pdf. Acesso em 04 mai. 2018.

BRASIL. Decreto-Lei nº 3.689 de 03 de outubro de 1941. Código de Processo Penal. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Rio de Janeiro, 13 out. 1941. 19699.

BRASIL. Portaria nº 1.252/2017 do Ministério da Justiça. Aprova o Regimento Interno da Polícia Federal. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, 02 de jan. 2017. Disponível em: . Acesso em 04 mai. 2018.

Brasil. Ministério da Justiça. Secretaria Nacional de Justiça. Normas e Princípios das Nações Unidas sobre a prevenção ao crime e justiça criminal. Regras de Tóquio. Brasília. Disponível em: http://www.cnj.jus.br/files/conteudo/arquivo/2016/09/6ab7922434499259ffca0729122b2d38.pdf. Acesso em: 04 mai. 2018.

CANELLAS, Alexandre et al. Inteligência competitiva aplicada ao sistema de informações empresariais do BNDES. 2012, 100 p. Disponível em: < http://www.crie.ufrj.br/application/assets/uploads/files/RJ23_BNDES_01.pdf>. Acesso em: 04 de mai. 2018.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos na Empresa: pessoas, organizações e sistemas. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1994. p. 67-76.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

COSTA, Arthur Trindade Maranhão; MACHADO, Bruno Amaral; ZACKSESKI, Cristina (Organizadores): A investigação e a persecução penal da corrupção e dos delitos econômicos: uma pesquisa empírica no sistema de justiça federal: Tomo I – Brasília: ESMPU, 2016. 310 p.: il., 25 cm. – (Série pesquisas ESMPU ; v. 1, t. 1.). Disponível em: < https://www.academia.edu/35603513/A_investiga%C3%A7%C3%A3o_e_a_persecu%C3%A7%C3%A3o_penal_da_corrup%C3%A7%C3%A3o_e_dos_delitos_econ%C3%B4micos._Tomo_I>. Acesso em: 04 mai. 2018.

COSTA, Arthur Trindade Maranhão; MACHADO, Bruno Amaral; ZACKSESKI, Cristina (Organizadores): A investigação e a persecução penal da corrupção e dos delitos econômicos: uma pesquisa empírica no sistema de justiça federal: Tomo II – Brasília: ESMPU, 2016. 405 p.: il., 25 cm. – (Série pesquisas ESMPU ; v. 1, t. 2.). Disponível em: < https://www.academia.edu/35603527/A_investiga%C3%A7%C3%A3o_e_a_persecu%C3%A7%C3%A3o_penal_da_corrup%C3%A7%C3%A3o_e_dos_delitos_econ%C3%B4micos._Tomo_II>. Acesso em: 04 mai. 2018.

DO NASCIMENTO, Natália Marinho et al. O estudo das gerações e a inteligência competitiva em ambientes organizacionais. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 6, n. 1, p. 16-28, 2016. Disponível em: < http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/pgc/article/view/27381/14769>. Acesso em: 04 mai. 2018.

FERGUSON, Andrew Guthrie. The Rise of Big Data Policing: Surveillance, Race, and the Future of Law Enforcement. NYU Press, 2017.

KAPOOR, Sasha; KALRA, Abhineet. Data Mining for Crime Detection. International Journal of Computer Engineering and Applications, v. 7, p. 88-97, 2014. Disponível em:< http://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:iEox3mdD1iwJ:scholar.google.com/+KAPOOR,+Sasha%3B+KALRA,+Abhineet.+Data+Mining+for+Crime+Detection.+International+Journal+of+Computer+Engineering+and+Applications,+v.+7,+p.+88-97,+2014.&hl=pt-BR&as_sdt=0,5>. Acesso em: 04 mai. 2018.

SKILLICORN, David. Knowledge discovery for counterterrorism and law enforcement. CRC Press, 2008.

KRISHNAMURTHY, Revatthy; KUMAR, J. Satheesh. Survey of data mining techniques on crime data analysis. International Journal of Data Mining Techniques and Applications, v. 1, n. 2, p. 117-120, 2012. Disponível em:< http://docshare02.docshare.tips/files/12392/123926883.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2018.

MPF - MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. Ata da 475ª Sessão. 2ª Câmara de Coordenação e Revisão em Matéria Criminal e Controle Externo da Atividade Policial. Brasília, 11 set. 2009.

MPF – MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. 2ª Câmara de Coordenação e Revisão em Matéria Criminal e Controle Externo da Atividade Policial. Orientação nº 18/2014. Disponível em:< http://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr2/orientacoes/documentos/Orientacao%20no%2018%20-%20Orienta%20a%20eficiencia%20na%20persecucao%20penal%20-%20Projeto%20Tentaculos.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2018.

MORESI, Eduardo Amadeu Dutra. Inteligência organizacional: um referencial integrado. Ciência da informação, v. 30, n. 2, 2001. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/ci/v30n2/6210.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2018.

MORGAN, G. Imagens da Organização. Editora Atlas. São Paulo. 2006.

SHARMA, Anuj; PANIGRAHI, Prabin Kumar. A review of financial accounting fraud detection based on data mining techniques. arXiv preprint arXiv:1309.3944, 2013. Disponível em:< https://arxiv.org/ftp/arxiv/papers/1309/1309.3944.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2018.

SIQUEIRA, E. P. O Projeto Tentáculos da Polícia Federal: Da concepção à Proposta de Modelo Aplicável na Segurança Pública Brasileira. Monografia de Especialização em Gestão da Segurança da Informação e Comunicações — Universidade de Brasília, 2014.

TARAPANOFF, Kira (Organizadora). Inteligência, informação e conhecimento em corporações. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), UNESCO, 2006.

VILLA, Eugênia Nogueira do Rêgo Monteiro; MACHADO, Bruno Amaral. O MAPA DO FEMINICÍDIO NA POLÍCIA CIVIL DO PIAUÍ: UMA ANÁLISE ORGANIZACIONAL-SISTÊMICA. Revista Opinião Jurídica (Fortaleza), v. 16, n. 22, p. 86-107, 2018. Disponível em:< http://revistaopiniaojuridica.unichristus.edu.br/index.php/opiniaojuridica/article/view/1478/621>. Acesso em: 04 mai. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.31412%2Frbcp.v9i1.542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

e-ISSN: 2318-6917 || p-ISSN: 2178-0013 || ISSN-L: 2178-0013

                                                                                                          ANP Editora     OAI PMH Metadata (Open Archives)