Autonomia e Eficiência da Polícia Judiciária da União: vetores interdependentes e equipolentes para a concreção constitucional da Polícia Federal

Autores

  • Stenio Santos Sousa

DOI:

https://doi.org/10.31412/rbcp.v6i2.387

Resumo

Noções preliminares sobre autonomia e sua distinção do conceito de independência. Perscrutase a respeito da plausibilidade entre autonomia orçamentária, financeira e administrativa e sua relação com a eficiência da Polícia judiciária da União. Para alcançar esse objetivo, apresenta-se breve história da polícia, diferenciando as tipologias policiais e destacando suas distintas atribuições. Em seguida é feita uma análise contextual da Polícia Federal brasileira, comparando-a com modelos estrangeiros de polícia, bem como averiguando a relação histórica da instituição policial federal com a autonomia em relação ao Executivo. Por fim, apresenta uma perspectiva da interdependência entre autonomia e eficiência para o exercício da investigação criminal no Brasil apontando elementos para a previsão de uma polícia de investigação criminal do futuro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

"10/12/2015"

Como Citar

SOUSA, S. S. Autonomia e Eficiência da Polícia Judiciária da União: vetores interdependentes e equipolentes para a concreção constitucional da Polícia Federal. Revista Brasileira de Ciências Policiais, Brasília, Brasil, v. 6, n. 2, p. 161–190, 2015. DOI: 10.31412/rbcp.v6i2.387. Disponível em: https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/article/view/387. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos