EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ JAN-ABR 2022

"09/06/2021"
A Revista Brasileira de Ciências Policiais, atualmente na classificação B1 no novo Qualis-Referência da CAPES/MEC (2017-2018), torna público o presente edital de chamada de autores para formação de dossiê temático da edição 7, vol. 13 do periódico científico para o quadrimestre janeiro-abril de 2022, conforme informações que seguem:

O Vol. 13, n. 7, terá como tema “Os profissionais de segurança pública como sujeitos de direitos: políticas públicas, qualidade de vida e democracia”, sob a responsabilidade dos editores de seção:

Professor Doutor Heitor de Carvalho Pagliaro (Universidade Federal de Goiás, Brasil), https://orcid.org/0000-0001-6431-930X,
Pesquisador Doutor Guilherme Borges da Silva (Universidade Federal de Goiás, Brasil), https://orcid.org/0000-0002-5992-3251, e
Professor Doutor Pablo Ornelas Rosas (Universidade de Vila Velha, Brasil), https://orcid.org/0000-0002-9075-3895.

EMENTA:

A aproximação entre os direitos humanos e as políticas de segurança pública se tornou indispensável no processo de desenvolvimento de uma sociedade comprometida com os valores democráticos e que garanta a promoção dos direitos fundamentais. Sendo assim, compreende-se que, além da necessidade de se formar agentes de segurança pública garantidores e promotores de direitos humanos, é fundamental que esses profissionais estejam vinculados a instituições e ambientes de trabalhado onde seus próprios direitos sejam garantidos e respeitados.
A relação entre direitos humanos e segurança pública está marcada por visões equivocadas e preconceituosas, o que representa, portanto, um forte impedimento para a construção de parcerias entre essas duas áreas de conhecimento e saber. Por isso, entende-se que há a necessidade de que tais barreiras sejam quebradas e, a partir disso, seja possível avançar na elaboração e no desenvolvimento de ações e políticas públicas entre esses dois setores.
Tais como medidas que considerem a necessidade de transversalidade e da especificidade dos direitos humanos tanto no processo de formação dos profissionais de segurança pública quanto na constituição deles enquanto sujeitos portadores de direitos.
As políticas públicas voltadas aos servidores da segurança pública visam a melhoria na qualidade de vida desses profissionais, com a criação e promoção de direitos sociais e a ampliação da noção de cidadania e dos valores democráticos.
Diante do exposto, o dossiê em questão busca reunir artigos e pesquisas que versem sobre:
1) as condições de existência e assistência dos servidores da segurança pública em seus aspectos sociodemográficos e ocupacionais, através de estudos que possam indicar a qualidade e expectativa de vida, a partir da verificação de ocorrências, nos âmbitos da vida pessoal e ocupacional, de violências de gênero, assédios, vitimização, saúde física e mental, distúrbios de comportamento;
2) a cultura organizacional em que esses profissionais estão inseridos, com trabalhos que discorram sobre hierarquia, disciplina, legalidade, gestão, produção e outras questões que dizem respeito aos aspectos democráticos das instituições, como a caracterização da estrutura e o seu clima organizacional;
3) a formação dos profissionais de segurança pública, através de trabalhos que estejam relacionados com o perfil profissiográfico dos operadores e o mapeamento e a avaliação que realizam sobre as competências técnicas, as oportunidades educacionais e as formações curriculares;
4) o papel político-institucional da força policial, por meio de estudos que discorram sobre as percepções e sentimentos dos profissionais das diferentes instituições de segurança pública em relação à segurança jurídica no emprego do uso da força em suas ações de trabalho e no cotidiano profissional, envolvendo letalidade e vitimização.
E, ainda, pretende-se reunir trabalhos que façam a interconexão desses aspectos, sob a luz dos marcadores de diferenças – classe, raça, gênero e sexualidade – com o exercício da profissão.

Os prazos para submissão, período de avaliação “ad hoc” e revisões dos textos, bem como a previsão de publicação seguem abaixo:

Vol. 13 Nº 7 Prazo limite para Submissões [10 set. 2021]

Período de Avaliações e Revisões [set. a nov. 2021]

Previsão de Publicação [jan. 2022]

Os textos deverão ser submetidos por meio do sistema de Submissões Online, mediante prévio cadastro. As condições para submissão estão disponíveis em https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/about/submissions#onlineSubmissions, destacando-se:

a) a contribuição deve ser original e inédita, ter entre 15 e 30 páginas, incluindo-se as referências bibliográficas, encontrar-se em idioma português, inglês, espanhol, francês ou italiano; conter título, resumo e palavras-chaves no idioma do texto e em inglês; elencar a bibliografia utilizada em lista, ao final, e não estar em avaliação para publicação por outra revista;
b) o arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF;
c) a identificação de autoria do texto deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, assegurando, assim, a avaliação duplo-cega por pares (double-blind peer review);
d) deve enviar um arquivo suplementar, em separado, com as informações completas de autoria, qualificação acadêmica, instituição de ensino, profissional e/ou de pesquisa a que se vincula e individualizar a responsabilidade de cada autor na produção (em caso de coautoria);
d) o texto deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista;
e) observar as instruções disponíveis no campo “Assegurando a avaliação cega pelos pares”.

A violação das regras de submissão ou das diretrizes para autores poderá ocasionar rejeição preliminar do material recebido.
Fica ressaltado que para o primeiro quadrimestre de 2022, o recebimento de artigos fora da temática acima será recebido normalmente, porém dentro da chamada geral da RBCP, na modalidade de fluxo contínuo.
Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas mediante consulta a publicacesp.anp.dgp@pf.gov.br

SERVIÇO DE PESQUISA E PUBLICAÇÕES COORDENAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE POLÍCIA ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA/DGP POLÍCIA FEDERAL