Proposta de Uso de Drones na Realização de Perícias em Patrimônio Histórico: abordagem experimental nas ruínas da primeira fábrica de cimento Portland da América Latina

Autores

  • José Alysson Dehon Moraes Medeiros POLÍCIA FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
  • Rhassanno Caracciollo Patriota POLÍCIA FEDERAL
  • Sandro Marden Torres UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

DOI:

https://doi.org/10.31412/rbcp.v8i2.503

Palavras-chave:

ARP, VANT, Drone, Aeronave, Perícia, Patrimônio histórico

Resumo

O uso de drones (nomenclatura popular das Aeronaves Remotamente Pilotadas - ARP) na atividade de perícia criminal já está bem consolidado, especialmente nas áreas de Engenharia Legal, Meio Ambiente, Acidentes de Trânsito e Locais de Crime. Uma aplicação pouco explorada, mas extremamente promissora para esta ferramenta, relaciona-se ao seu uso na realização de levantamentos em sítios históricos. Um estudo experimental com este propósito foi realizado nas ruínas da primeira fábrica de cimento Portland da América Latina, localizada no Estado da Paraíba, patrimônio construído ainda não tombado. O aerolevantamento gerou como produtos modelos digitais, curvas de nível, nuvem com mais de 15 milhões de pontos, possibilitando a elaboração de um modelo 3D, de ortomosaicos e restituição planimétrica da área. Além do aerolevantamento que permitiu a digitalização do patrimônio investigado, verificou-se com o método utilizado que o uso de drones é extremamente promissor e recomendável para aplicações periciais envolvendo patrimônio histórico construído, pois permite a obtenção de dados com maior precisão e em menor tempo, imagens de alta qualidade, além de conferir maior segurança durante as vistorias e uma menor interferência nos sítios pesquisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Alysson Dehon Moraes Medeiros, POLÍCIA FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Perito Criminal Federal da Área de Engenharia Forense do SETEC/SR/PF/PB

Rhassanno Caracciollo Patriota, POLÍCIA FEDERAL

Perito Criminal Federal da Área de Engenharia Forense do SETEC/SR/PF/PE

Sandro Marden Torres, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da UFPB

Referências

Agisoft LLC. Agisoft PhotoScan User Manual: Professional Edition, Version 1.3, 2017. Agisoft LLC. St. Petersburg, Russia, 2017, disponível em http://www.agisoft.com/.

CERELLO, R.; MAYRINK, R. VANT: a nova arma pericial. Revista Perícia Federal, Brasília, ano XIV, n. 32, p. 8-13, nov. 2013.

GOUVÊA, H. A primeira fábrica de cimento. In: ______ Histórias fantásticas da Paraíba. João Pessoa: Patmos Editora, 2014. p. 77-79.

Downloads

Publicado

"09/03/2018"

Como Citar

MORAES MEDEIROS, J. A. D.; CARACCIOLLO PATRIOTA, R.; MARDEN TORRES, S. Proposta de Uso de Drones na Realização de Perícias em Patrimônio Histórico: abordagem experimental nas ruínas da primeira fábrica de cimento Portland da América Latina. Revista Brasileira de Ciências Policiais, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 205–221, 2018. DOI: 10.31412/rbcp.v8i2.503. Disponível em: https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/article/view/503. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos